Destaque

“Na Mão as Flores”, o novo álbum de Rodrigo Suricato

suricato1

O carioca Rodrigo Suricato está divulgando seu novo álbum, “Na Mão as Flores” (Universal Music), o terceiro da carreira, composto, arranjado, tocado, interpretado e produzido por ele – em parceria com Marco Vasconcellos. “A faixa-título do álbum de 11 canções já entrega uma sinceridade que permeia todo o trabalho, composto e produzido entre 2017 e 2018”, informa o release assinado por Hagamenon Brito. “O pior de mim está na mesma mão que trago flores pra você”, diz a letra confessional de quem reconhece seus defeitos na construção diária de uma relação amorosa, que passa pela aceitação das diferenças de cada um.

Autobiográfico, “Na Mão as Flores” tem uma leveza que disfarça sua profundidade. “Ele possui uma positividade que tem muito a ver com a minha maneira de enxergar as coisas. É sobre utopia. Falo de desejos da nossa natureza humana”, diz Suricato sobre o álbum que tem pontos fortes também as faixas “Admirável Estranho”, “Astronauta”, “Solidão” e “Horizonte”, uma ode à utopia.

Apaixonado pela sonoridade pop, Rodrigo Suricato rearranja suas influências do folk de modo mais moderno e contemporâneo. O blues e o conhecido virtuosismo do artista na guitarra são destaques na regravação do clássico “Como Nossos Pais”, de Belchior (gravado por Elis Regina), única canção não autoral do álbum.

“Eu acho que o contexto social atual me levou a revisitar ‘Como Nossos Pais’. Belchior era fã de blues assim como eu. Percebi durante o processo de autoconhecimento que resultou no disco que a gente repete inconscientemente alguns padrões de outras gerações. Reconhecê-los dentro da mim e aperfeiçoá-los foi a parte mais dolorida e linda desse processo”, continua o artista que ganhou projeção nacional ao participar da primeira temporada do reality show “SuperStar”, da Rede Globo, em 2014, como líder da banda que levava seu sobrenome.

Ao lado da banda Suricato, o artista lançou dois álbuns, sempre entre o folk e o rock (um deles, “Sol-Te”, foi ganhador do Latin GRAMMY em 2015), antes de absorver novas influências sonoras, incluindo um toque mais eletrônico, até finalmente se assumir como “banda de um homem só” no início de 2017, na qual toca simultaneamente diversos instrumentos, dos pés às mãos. Atualmente, além do projeto solo, Rodrigo Suricato divide seu tempo atuando como vocalista do Barão Vermelho.

Ouça o novo álbum de Rodrigo Suricato, “Na Mão as Flores”:

 

 

 

 

 

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sucesso! é um portal de notícias pertencente à Editora Espetáculo, empresa com sede em São Paulo e escritório no Rio de Janeiro, responsável pelo site showbusiness.com.br e pelas newsletters Sucesso e-mailing, Show Business Express, Show Business Urgente e Disparo Show Business.

Copyright © 2017 Editora Espetáculo

Topo