Notícias

Tiago Iorc comemora gravação de primeiro DVD

Tiago Iorc iniciou na música em 2003, cantando covers e composições em inglês. Inicialmente, com tom aventureiro e singelo. Mais tarde, aderiu a um discurso sobre a internet. “Troco Likes”, seu primeiro trabalho integralmente em português – com apenas uma faixa-bônus em inglês –, trata da relação dos internautas com as mídias digitais e o desejo de atenção e aprovação a partir dos “likes” nas redes. Oito meses após o lançamento do disco, o cantor brasiliense radicado em Curitiba lançou o EP “Sigo De Volta”, também com referências a temas cibernéticos. “Tinha vontade de entender a carência das pessoas, essa necessidade que em geral elas tem de serem vistas e quistas”, declara.

Em seu primeiro trabalho em português, Iorc precisou mudar a forma de composição com a qual trabalhava até ali. “Foi um processo de aprendizado e experimentação. Em inglês, eu tinha um jeito próprio de compor, de criar.  Em português, era diferente, mas aos poucos fui me encontrando”, conta. Atualmente ele afirma não ter preferência em relação à língua quando está compondo.

O EP “Sigo De Volta” reúne três canções que ficaram de fora do set list de “Troco Likes” – “Mulher”, “Chega Pra Cá” e “Amor Sem Onde”. Além destas, Tiago revela que há outras faixas ‘na gaveta’, prontas para entrar em lançamentos futuros. “Elas ficaram de fora pelo tipo de produção que eu estava seguindo ou porque a sonoridade não ficou como eu gostaria”, justifica.

Untitled

Nos dias 28 e 29 de abril, Iorc gravou seu primeiro DVD, em apresentações realizadas no Teatro Gasômetro, em Belém (PA). “Fiquei muito tocado com o carinho e a energia do público quando lá me apresentei no ano passado. Por isso decidi gravar meu DVD na cidade”, afirma. Na ocasião, Tiago Iorc apresentou as faixas do álbum de “Troco Likes” e do EP “Sigo De Volta”.

Todo o sucesso da internet passou a refletir na agenda de shows. No segundo semestre de 2015, o cantor viajou pelo país e realizou 43 apresentações. Neste ano, ele pretende excursionar por lugares onde ainda não pôde se apresentar. “Eu gostaria de completar o mapa do Brasil. Uma cidade de cada estado. Ainda não estive no Acre, Tocantins, Amapá, Piauí, Rondônia, Roraima”, relaciona. Em paralelo, Iorc se envolve em outros projetos. Ele apadrinhou a dupla Ana e Vitória, que terá seu primeiro álbum lançado pelo selo Forasteiro, dele e de seu produtor e empresário, Felipe Simas. O cantor é produtor do disco de estreia das meninas, a quem ele não poupa elogios.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo