Destaque

Gal Costa lança novo álbum e nova tour

GAL COSTA MARCOS HERMES

Gravado em março, durante duas apresentações na Casa Natura Musical (SP), o novo álbum de Gal Costa, “A Pele do Futuro ao Vivo”, já está nas plataformas digitais e no mercado físico, em edições luxuosas em DVD e CD duplo. O lançamento contempla o roteiro integral do espetáculo idealizado e dirigido por Marcus Preto e soma 24 canções, entre clássicos e novidades. O DVD tem direção de Henrique Carvalhaes e Rafael Gomes.

Em sua versão ao vivo, “A Pele do Futuro” expande o conceito original do álbum gravado por Gal em 2018, contendo 13 faixas  inéditas. De acordo com Marcus Preto, o espetáculo registrado na Casa Natura foi pensado em três atos. “O primeiro concentra as canções escritas à sombra da ditadura militar dos 1960 e 1970, como ‘Dê um Rolê’ (Moraes Moreira/ Galvão),’Mamãe Coragem’ (Caetano Veloso/ Torquato Neto), ‘London, London’ (Caetano Veloso) e, inédita na voz de Gal até aqui, ‘As Curvas da Estrada de Santos’ (Roberto Carlos/ Erasmo Carlos)”.

Segundo Preto, o segundo bloco agrupa as canções de amor e desamor escritas nesse e em outros períodos: “Lágrimas Negras” (Jorge Mautner/ Nelson Jacobina), “Sua Estupidez” (de novo Roberto e Erasmo), “Volta” (Lupicínio Rodrigues), “Que Pena” (Jorge Ben Jor), “Motor” (Teago Oliveira, jovem compositor e vocalista da banda baiana Maglore) e “O que É que Há” (Fábio Jr./ Sérgio Sá). As duas últimas, que também nunca haviam sido gravadas por Gal, se transformaram nos primeiros singles deste trabalho e lançados em maio e junho.

“O último ato traz uma série de temas dançantes, com hits solares como “Chuva de Prata” (Ed Wilson/ Ronaldo Bastos), “Azul” (Djavan) e um pot-pourri com os frevos carnavalescos que Gal gravou com estrondoso sucesso a partir do final dos anos 1970: “Bloco do Prazer” (Moraes Moreira/ Fausto Nilo), “Balancê” (João de Barro/ Alberto Ribeiro), “Massa Real” (Caetano Veloso) e “Festa do Interior” (Moraes Moreira/ Abel Silva)”, continua o idealizador do projeto.

Em todos os atos, costurando a Gal de todos os tempos, está a Gal de agora, que canta a nova geração da música popular brasileira, de Silva e Omar Salomão (“Palavras no Corpo”) até Dani Black (“Sublime”), passando pela diva do sertanejo feminino Marília Mendonça (“Cuidando de Longe”). “Mas tem também a Gal que interpreta canções que compositores veteranos escreveram especialmente para ela, de Gilberto Gil (‘Viagem Passageira’) a Jorge Mautner (‘Minha Mãe’), passando por Nando Reis (‘Mãe de Todas as Vozes’), diz Preto.

A banda que gravou com Gal Costa o álbum em fase de divulgação conta com Pedro Sá na guitarra, Chicão nos teclados, Lucas Martins no baixo, Hugo Hori na flauta e no saxofone e Pupillo na bateria e direção musical. Na última sexta, o lançamento do projeto foi marcado por um show realizado no Tom Brasil, em São Paulo. A turnê parte para o Rio de Janeiro (Vivo Rio, em 16 de novembro), depois segue para outros estados brasileiros, Europa e América Latina. (Foto Marcos Hermes)

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sucesso! é um portal de notícias pertencente à Editora Espetáculo, empresa com sede em São Paulo e escritório no Rio de Janeiro, responsável pelo site showbusiness.com.br e pelas newsletters Sucesso e-mailing, Show Business Express, Show Business Urgente e Disparo Show Business.

Copyright © 2017 Editora Espetáculo

Topo