Destaque

Manitu lança coletânea em comemoração aos 15 anos de carreira

As comemorações em torno dos 15 anos de carreira da banda de reggae Manitu não poderiam ter sido planejadas de outra maneira. Depois de realizar uma turnê solidária em dez escolas de Belo Horizonte (MG), o quarteto lançou em agosto a coletânea Garota, com produção de Daniel Couto, reunindo 22 faixas – entre sucessos desta trajetória e inéditas (“Tudo pra dar errado” e “Chuva de sonhos”, feitas em parceria com MC Papo, e Jeito Mineirin, que virou tema institucional da Globo Minas).

Com remasterização de César Santos, “Garota” é cheia de significados. O nome, apesar de simples, simboliza a nova fase da Manitu, que apesar de ter passado anos cantando a plenos pulmões a estrofe “… seu sorriso me desarma, menina, menina, menina mulher…” (Menina mulher, 2013), agora está pronta para virar uma garota. Mais do que isso, a coletânea também faz alusão aos momentos que a banda passou ao lado de crianças e adolescentes nos shows da turnê Nas escolas, em agosto.

Há ainda um bônus. Recentemente, a Manitu foi convidada a fazer parte do disco Tributo ao Skank: Dois lados (com realização de Scream & Yell e produção de Pedro Ferreira), que reuniu artistas veteranos e novatos para criar releituras para grandes sucessos da banda. O quarteto ficou com a difícil tarefa de dar uma nova roupagem ao hit Garota nacional, que foge do reggae tão característico da Manitu. O resultado foi mais que satisfatório. Lançada em junho, a faixa conseguiu agradar tanto aos fãs das duas bandas como ao público em geral – no Spotify, por exemplo, a faixa soma mais de 150 mil plays. Exatamente por isso, ela foi escolhida para integrar a coletânea Garota e também serviu como carro-chefe de divulgação do projeto.

Agora, a Manitu se prepara para uma turnê nacional, que vai durar cerca de um ano e servirá para comemorar os 15 anos de estrada. Em paralelo, a banda continua divulgando Garota nacional e prepara, ao lado de Ivan Correira, a produção de seu primeiro DVD ao vivo, a ser lançado em 2018.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

Topo