php shell php shell hacklink php shell seobizde.com bsc sniper bot pancakeswap bot pancakeswap sniper bot pancakeswap trading bot dextools trending cmc trending bot süperbahis betboo süper bahis betboo giriş auperbahis su arıtma cihazı https://ccc.com rulet siteleri betbooplus betboo plus anadolu casino giriş betbooplus betbooplus betboo plus penis büyütme pekinbet pekinbet pekinbet penis kalınlaştırma penis estetiği baffle tavan pekinbet

“Pela Fé” é o novo álbum de Kleber Lucas – Portal SUCESSO!

Entrevistas

“Pela Fé” é o novo álbum de Kleber Lucas

Kleber Lucas 1

Kleber Lucas é um artista inquieto. Gosta de compor, criar arranjos, produzir. E, claro, adora o palco, onde ele passa suas mensagens positivas e sua relação de amor e devoção por Deus. Mas o renomado astro do gospel queria poder esticar o dia, controlar o tempo. Muita coisa que Kleber gostaria de fazer, ele já não consegue. Afinal, além da carreira artística, Kleber é pastor – comanda a Igreja Batista Soul, localizada na Barra de Tijuca, Rio de Janeiro, e ainda faz pregações semanalmente país afora.

No começo deste ano, Kleber se permitiu um período de “retiro”. Ficou em casa durante dois meses, repondo as energias e criando novas músicas. “Há tempos eu planejava isso, mas com tantas atividades, fica difícil. Então, ao invés de viajar pra algum lugar, preferi me trancar em casa, onde pude aproveitar a companhia da família e amigos. Aproveitei também pra ler muito, estudar sobre o momento atual do nosso país e do nosso povo. E em casa eu tenho um estúdio todo equipado, onde encontrei a paz que precisava pra fazer meu novo disco”, afirma.

Intitulado Pela fé, o álbum é o 12º da carreira de Kleber. Reúne 12 faixas, todas de sua autoria – algo, aliás, recorrente na discografia do artista. “Pela primeira vez consegui descansar minha voz por 15 dias, sem fazer pregações ou shows. Esse tempo possibilitou uma melhora da qualidade nos registros vocais”, explica ele, que concebeu todos os arranjos. A produção ficou a cargo de Kleyton Martins, com quem havia trabalhado no projeto anterior, O filho de Deus (2014). O grande diferencial do produto, segundo o artista, é o ar de congregação que ele traz, embora tenha sido produzido em estúdio. “Usamos um coral de dez vozes, mas com a gravação em quatro canais, o resultado final é o mesmo de que se tivéssemos usado 40 vozes”, afirma.

Kleber faz muitas apresentações em ambientes religiosos e sua ideia é justamente convidar os corais das igrejas para acompanhá-lo. “Essa foi a proposta desde o início. Eu viajo com minha banda e backing vocals, mas posso contar com a participação dos corais locais quando me apresentar durante cultos”, afirma ele. Aliás, Kleber iniciou a carreira, por volta dos 18 anos, cantando no coral de uma igreja de Niterói (RJ). Para as apresentações convencionais, a maior parte realizadas em praças públicas, o artista tem outro formato de show.

RECONEXÃO COM DEUS

O primeiro single do disco, A Ele, é uma balada de adoração. Outro destaque é Teu chamado, que fala sobre alguém criado na igreja, que está afastado e precisa se reconectar à vida religiosa. Emocionante, a música tem pegada radiofônica e promete tocar até em rádios seculares. Vale citar ainda a faixa-título, que foca na história e sentimento das pessoas que vivem pela fé. “Essa música tem a ver com uma das missões da igreja, que é justamente a de motivar as pessoas a manter a fé, pois só assim poderão enfrentar seus problemas e sonhar com dias melhores”, explica o cantor.

Desde 1998, Kleber Lucas é contratado da MK Music. Excetuando o primeiro trabalho, Rendei graças (1997), lançado de forma independente, todos os outros álbuns e DVDs de carreira do artista, além de compilações, têm a assinatura da gravadora dirigida por Yvelise de Oliveira. “Nossa relação é maravilhosa porque é cristalina e sem cobranças. Tenho total autonomia para desenvolver meus projetos e confio 100% no trabalho da companhia”, diz ele. “Apenas uma vez a MK fez sugestões no direcionamento e repertório de um disco meu. Foi em 2013, quando eu me preparava para gravar o CD Profeta da esperança”, lembra ele. O projeto, que já vendeu mais de 100 mil cópias, ganhou o Latin GRAMMY daquele ano.

Desde que assumiu a Igreja Batista Soul, em 2014, Kleber tem encontrado pouco tempo para atender os pedidos dos amigos artistas interessados em ter composições suas em seus álbuns. “Já tive canções gravadas por Aline Barros, Oficina G3 e Trazendo a Arca, entre outros. Mas nunca mantive estoque de composições na gaveta. Sou mais de fazer sob encomenda”, justifica ele, que em 2015 escreveu a faixa Efésios, incluída no último disco de Fernanda Brum, Da eternidade.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo