Destaque

Prêmio Multishow terá performances em vários estados

logo prêmio multishow

Assim como vem ocorrendo com eventos importantes ao redor do mundo, a 27ª edição do Prêmio Multishow, que acontece amanhã, a partir das 22h30, vai ganhar  um formato inédito, por conta do isolamento provocado pela pandemia da Covid-19. Pela primeira vez em sua história, contará com performances musicais, espalhadas em cinco estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Ceará e Minas Gerais. A premiação vai revelar os vencedores em 16 categorias em uma cerimônia que será comandada por um trio de gigantes: Paulo Gustavo, IZA e Tata Werneck.

O conceito desta edição do Prêmio – “A Música não Para” – visa representar toda a transformação que a indústria musical passou com a pandemia. “Nos últimos meses, o mundo parou e vimos a música mostrar ainda mais a sua força. O Prêmio vai celebrar a música e seus agentes, dando holofote a esse papel de responsabilidade cultural, ainda mais fundamental nesse momento”, conta Tatiana Costa, diretora do Multishow, acrescentando que o time de apresentadores vai ancorar o evento direto de um hub central, no Rio de Janeiro. De lá, eles revelarão ao vivo os vencedores da noite e farão conexão com todos os palcos regionais. O hub ainda será palco de performances musicais inéditas.

Sobre o novo formato, Tatiana conta como foi criar a edição este ano. “Por sermos uma marca que respira música, percebemos que tínhamos na mão uma missão importante: reformatar e ressignificar o evento. Será uma edição mais emocionante e reflexiva, mas ao mesmo tempo terá a nossa dosagem de bom humor, leveza e alto astral. Estaremos espalhados pelo Brasil, representando o grande protagonismo da música em 2020”, adianta.

Paulo Gustavo comenta sobre o papel da música no atual contexto: “A música é importante para nos ajudar a atravessar esses tempos difíceis de uma forma mais alegre e divertida. A arte tem esse poder de transformar, de nos fazer sonhar. Ela é transcendente, e por isso a música não parou durante a pandemia. A comédia também diminui um pouco a dor das pessoas que passam por esse momento”.

tata e paulo gustavo

A cerimônia será comandada por Paulo Gustavo, IZA e Tatá Werneck

Entusiasmada, IZA fala sobre as expectativas para a sua primeira vez apresentando o Prêmio. “Estou muito feliz de fazer parte desse momento incrível da música brasileira. Acho que o Prêmio Multishow é super necessário, principalmente para nós, que neste ano estamos vivendo uma situação tão diferente. Acho que a arte se confirma como parte fundamental na vida de todo mundo. Então, por mais que estejamos passando por um momento difícil, temos muito o que celebrar! E fazer parte disso desse jeito – cantando, apresentando, encontrando meus amigos e matando a saudade do palco – vai ser muito especial”, conta a cantora.

Esta edição vai contar com uma categoria inédita – “Live do Ano” -, que consagrará uma performance virtual entre as tantas que fizeram a diversão do público em tempos de isolamento social. Os finalistas nesta categoria são Bruno & Marrone, Caetano Veloso, Gusttavo Lima, Ivete Sangalo e Marília Mendonça.

gusttavo lima 7 nov ivete24

Grandes nomes da música brasileira vão se apresentar no Prêmio Multishow deste ano. Os palcos serão customizados e pensados junto com cada artista, e montados em parceria com produtoras locais, de modo a dar empregabilidade para as pessoas que passaram tantos meses fora do mercado de trabalho, fomentando a indústria. No Rio de Janeiro, se apresentam Lulu Santos, Teresa Cristina, IZA, Ludmilla, Dilsinho, Lexa, Kevinho e Pedro Sampaio. Na Bahia, uma estrutura será montada para receber a performance de Ivete Sangalo. Já no Ceará, em Fortaleza, quem se apresenta é Wesley Safadão. Enquanto isso, Minas Gerais será palco de Skank e Jota Quest. A capital paulistana vai contar com performance de Luísa Sonza, que vai dividir o palco com MC Zaac, seu parceiro no single “Toma”.

Entre as principais categorias, estão CANTOR DO ANO (os concorrentes são Dilsinho, Emicida, Gusttavo Lima, Vitão e Vitor Kley); CANTORA DO ANO (Anitta, Ivete Sangalo, IZA, Luísa Sonza e Marília Mendonça), MÚSICA DO ANO — “A Gente Fez Amor” (Gusttavo Lima), “A Tal Canção Pra Lua” (Vitor Kley e Samuel Rosa), “Desce Pro Play (PA PA PA)” (MC Zaac, Anitta e Tyga), “Liberdade Provisória” (Henrique & Juliano”) e “Verdinha” (Ludmilla) –, GRUPO DO ANO  (BaianaSystem, Jota Quest, Lagum, Melim e Sorriso Maroto) e MÚSICA CHICLETE DO ANO — “Braba” (Luísa Sonza), “Desce Pro Play (PA PA PA)” (MC Zaac, Anitta e Tyga), “Menina Solta” (Giulia Be), “Sentadão” (Pedro Sampaio, Felipe Original, JS O Mão de Ouro) e “Tudo OK” (Thiaguinho MT, Mila, JS O Mão de Ouro).

dilsinho1 giulia be 28 março

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sucesso! é um portal de notícias pertencente à Editora Espetáculo, empresa com sede em São Paulo e escritório no Rio de Janeiro, responsável pelo site showbusiness.com.br e pelas newsletters Sucesso e-mailing, Show Business Express, Show Business Urgente e Disparo Show Business.

Copyright © 2017 Editora Espetáculo

Topo