php shell php shell hacklink php shell seobizde.com bsc sniper bot pancakeswap bot pancakeswap sniper bot pancakeswap trading bot dextools trending cmc trending bot süperbahis betboo süper bahis betboo giriş auperbahis su arıtma cihazı https://ccc.com rulet siteleri betbooplus betboo plus anadolu casino giriş betbooplus betbooplus betboo plus penis büyütme pekinbet pekinbet pekinbet penis kalınlaştırma penis estetiği baffle tavan pekinbet bodrum escort mecidiyeköy escort avcılar escort

Simoninha relança o clássico “Moro no Fim da Rua” – Portal SUCESSO!

Destaque

Simoninha relança o clássico “Moro no Fim da Rua”

simoninha4

Foto de Chrys Galante

Sem poder fazer shows convencionais e sem suas atividades paralelas (entre elas na direção musical do programa “Domingão do Faustão”), por conta desta fase de isolamento social, o inquieto Wilson Simoninha acaba de lançar o projeto Na Minha Quarentena Eu Canto Assim, composto de gravações minimalistas para composições inéditas e releituras de clássicos. Os lançamentos estão sendo feitos pela Ditto Music tanto nas plataformas de áudio e como no YouTube.
O primeiro lançamento do projeto é a regravação de “Moro no Fim da Rua”, gravada originalmente pelo pai do artista, Wilson Simonal, em 1970. “‘Moro no Fim da Rua” realimenta o espírito hippie dessa época, misturando  liberdade e contestação. Essa coisa de ‘Moro no fim da rua onde tudo é escuro demais’ reflete a melancolia daquele momento sobre os caminhos que o mundo seguiria, sentimento muito latente ao que estamos vivendo agora”, analisa Simoninha. Na nova roupagem, o artista é acompanhado pelo violão de Guiza Ribeiro.
“Moro no Fim da Rua” é uma composição de Luis Wagner e Tom Gomes (editor do Portal Sucesso). “Letristas que deram visibilidade à cultura negra e quilombos do Rio Grande do Sul”, define Simoninha, que tem na faixa um dos lados b preferidos do pai. “Luis trazia a força da música em si e da guitarra. Quando surgiu, todo mundo prestou atenção nele. Sempre foi considerado um excelente instrumentista e expoente do samba rock e reggae no país”, comenta.
Ao menos duas outras faixas estão prontas para serem lançadas dentro do projeto Na Minha Quarentena Eu Canto Assim. No dia primeiro de junho, será a vez de “Minha Música”; na semana seguinte, dia 8, ele coloca nas plataformas “Carnaval e Reveillon”. O artista fala a respeito: “‘Minha Música’ é uma composição autoral derivada de projeto que fiz com a Jazz Big Band, em 2017. Registra minha chegada à fase madura da vida e aborda relacionamentos pessoais. Virá na versão voz e piano, com participação de Michel Lima. Já ‘Carnaval e Reveillon’ é uma parceria minha com Max de Castro e foi feita para um disco do João Marcello Bôscoli (1995). Ela expressa meu desejo de retomada da rotina good vibes e solar. A releitura tem a participação de Juliana Ripke no piano”.
Assista ao vídeo da gravação de “Moro no Fim da Rua”, com Simoninha:

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo