php shell hacklink php shell seobizde.com bsc sniper bot pancakeswap bot pancakeswap sniper bot pancakeswap trading bot dextools trending cmc trending bot bedavabahisci.net süperbahis betboo süper bahis betboo giriş auperbahis parisbahis su arıtma cihazı gerçek jigolo sitesi rulet siteleri betbooplus betboo plus anadolu casino giriş betbooplus betbooplus betboo plus güvenilir takipçi satın al instagram takipçi satın al penis büyütme 1 saatte para kazanma inat tv binance canlı destek penis kalınlaştırma penis estetiği Penis ameliyatı penis büyütme burun estetiği baffle tavan

Em Brasília, artistas protestam contra Medida Provisória – Portal SUCESSO!

Destaque

Em Brasília, artistas protestam contra Medida Provisória

evento ecad brasilia 11

Artistas, diretores das associações que compõem o Ecad e executivos do escritório de arrecadação no evento de Brasília, dia 9 (foto Gil Ferreira)

O evento Todos pela Música, realizado segunda, dia 9, no Clube do Choro, chamou atenção para uma questão que vem mobilizando artistas, editoras musicais e as associações que compõem o Ecad nos últimos meses.  A noite, que misturou música e protestos, teve como mote a defesa dos direitos autorais dos compositores e artistas e um ato contra a Medida Provisória 907/2019, que isenta os hotéis do pagamento de direitos autorais pelas músicas tocadas nos quartos. Tal decisão deve representar um prejuízo anual de 100 milhões de reais à classe artística.

O evento contou com apresentações de Danilo Caymmi, Roberto Menescal, Antônio Carlos Bigonha, Xande de Pilares, André Renato, Michael Sullivan e Liah Soares, que se revezaram no palco e também falaram sobre a importância dos direitos autorais. “Estou há quase 50 anos na estrada e muitas pessoas vivem desta arte. Por isso, é preciso pagar, sim, pelo uso da música”, declarou Michael Sullivan. “Decidimos fazer esse encontro na semana passada porque queremos mobilizar as pessoas sobre a importância dos direitos autorais”, comentou Danilo Caymmi.

menescal e dori evento ecad

A iniciativa para a realização do evento foi dos próprios artistas. Em apoio, o evento foi organizado pela gestão coletiva da música formada pelas sete associações de música – Abramus, Amar, Assim, Sbacem, Sicam, Socinpro e UBC -, que compõem o Ecad.

A mobilização dos compositores e artistas continuou em Brasília na terça, 10. Eles marcaram presença no Congresso Nacional, onde uma comissão mista examina a MP 907 em audiência pública agendada para as 14h30, com a participação de diretores do Ecad. Uma caravana com mais de 100 compositores também se deslocou a Brasília. “O objetivo do Ecad é mostrar à sociedade que está de portas abertas ao diálogo e que está ao lado da classe artística, defendendo os seus direitos legítimos”, disse a superintendente executiva do Ecad, Isabel Amorim, pouco antes da audiência.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo